terça-feira, 27 de abril de 2010

raquéu beleléu

raquéu!
quéuquéu
raquéu pincéu
raquéu pastéu
raquéu papéu
raquéu bordéu :O
raquéu coronéu
raquéu carrocéu
raquéu isabéu
raquéu cordéu


homónimas, é o que dá.
RaquelO, RaquelS.

même si

Os Rissóis sem Camarão são a melhor banda DE SEMPRE
(que cover tão ranhosa da Last Kiss, mancham a imagem dos Pearl Jam!)
e o grupo Rissóis e Croquetes - agora sem ironia, yeah -
é daqueles a que temos de aderir sem falta :p
Os comentários sobre a bissexualidade da Gaga são do melhor
(lady caga mata-me!)
e a Rita até escreveu uma new, "milagre!" diz o Pedro
ela nem consta da ficha técnica LOL
é por ser do STEF, sindicatos sobrepõem-se a directores :P
O placard da Sumol está uma coisa tão fofa (vejai aqui!)
e agora sempre que vamos ao perfil da Rosa no cara de livro
lá está o moço do anúncio!
Nunca mais é final de maio, RiR RiR RiR ;)
Aprendi a gostar de música francesa e do Grégory.
E aprendi que no sono R.E.M. sonhamos
e os olhos mexem-se de um lado para o outro
e quando os sonhos são maus os olhos podem estabilizar.
Psicologias fofas! e aquilo da imagem no canto superior esquerdo tbm :p

Enfim, são as conversas produtivas e sempre hiper mega interessantes
com a Rita :D
Horas e horas ao telemóvel, se nao fosse o moche não sei o que seria de nós.
Os pais já não podem connosco
e a bateria dos telemóveis também não! ahah

segunda-feira, 26 de abril de 2010

viva a liberdade :)

Gedeão disse, uma vez
e as palavras duraram para a eternidade:


'Eles não sabem que o sonho
É uma constante da vida
Tão concreta e definida
Como outra coisa qualquer


Como esta pedra cinzenta
Em que me sento e descanso
Como este ribeiro manso
Em serenos sobressaltos


Como estes pinheiros altos
Que em verde e oiro se agitam
Como estas aves que gritam
Em bebedeiras de azul


Eles não sabem que sonho
É vinho, é espuma, é fermento
Bichinho alacre e sedento
De focinho pontiagudo
Em perpétuo movimento


Eles não sabem que o sonho
É tela, é cor, é pincel
Base, fuste ou capitel
Arco em ogiva, vitral,
Pináculo de catedral,
Contraponto, sinfonia,
Máscara grega, magia,
Que é retorta de alquimista


Mapa do mundo distante
Rosa dos ventos, infante
Caravela quinhentista
Que é cabo da boa-esperança


Ouro, canela, marfim
Florete de espadachim
Bastidor, passo de dança
Columbina e arlequim


Passarola voadora
Pára-raios, locomotiva
Barco de proa festiva
Alto-forno, geradora


Cisão do átomo, radar
Ultra-som, televisão
Desembarque em foguetão
Na superfície lunar


Eles não sabem nem sonham
Que o sonho comanda a vida
E que sempre que o homem sonha
O mundo pula e avança
Como bola colorida
Entre as mãos duma criança'


25 de Abril sempre ;)
E como disse uma grande amiga aqui na blogosfera:
felizmente, felizmente há luar!

sábado, 24 de abril de 2010

just to show this.







and to let you know, os bilhetes para o Bublé já cá cantam :D

domingo, 11 de abril de 2010

don't rain on my parade



isto é potentíssimo *-*

quarta-feira, 7 de abril de 2010

not today

There are days like this.
Sometimes you just feel that everything is falling apart.
Better days will come.
Hope.

terça-feira, 6 de abril de 2010

be my guest (act.)

Hóspede estrangeiro na tertúlia?!?
Caracteres árabes olé.
     'Olha filho, vai gafanhotar para outro lado'
E ele foi.


Mas esperem...
a tradução do que ele disse é
'kivkm', ou seja,
'kerem i vir komigo mén?'.
Risada total, parecia o Ricardo mas em árabe.

are you still...?

Somos demasiado exigentes,
mas temos de ser um bocadinho, não é?
É a selecção natural, minha cara amiga :p
Os rapazes não valem nada.
Má solha! É uma trata, é o que é.
Orgulho destruído, eles não merecem.
Mas ele volta :)
Vais arranjar um todo giraço,
todo McDreamy, diz ela.
Eu rio-me.
My person, lembras-te? pergunta ela.
Como podia esquecer?
Parece que voltámos ao nono ano, 
a ter estas conversas sobre rapazes
e a ser boas amigas.
Saudades :)

segunda-feira, 5 de abril de 2010

every secret thing


Ui, podia haver muita coisa para falar, mas nem por isso.
Tenho escrito crónicas para o Quioske, que podem ser lidas aqui :)
E notícias e artigos para o Espalha, no sítio do costume.
Sabe bem ficar em casa a fazer coisas pendentes e ver filmes.
Muito, muito, muito bem.
Agora... porque é que as pulgas não me largam?
Seriously? (influência Greyyyyyyyy).
Não percebo, mas enfim.
Acabei de ler uma história aborrecidíssima em inglês,
The Moonlight Bride,
e já posso ler o meu novo livro, Tudo o que é Secreto :)
É bom estar de férias, pena estarem a acabar.
Mas some things last,
por exemplo as conversas com o Tiago e a Rita,
o twitter a toda a hora,
escreverrrrrrr,
ouvir música e ver séries, yaaay.
Já não gosto tanto de estar em casa como dantes,
estou mais social e tal x) apetece sair e conviveri.
Isso é bom, I guess.
Mas pronts'.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

one last breath



Lindo *-*
A música de fundo é One Last Breath dos Creed, embora eles tenham dançado ao som de Jason Mraz.. adoro esta versão :)

empire state of mind

Pedro Coelho: na 3.ª foto
ele mostra todo o seu esplendor e beleza
e o Pedro ri-se aqui
q parece um louco
e, neste momento, o Miguel Veloso.
Raquel: ahahah
ui, ele tem uma beleza de chorar por mais
antes o Veloso
e a sua fala na 3ª pessoa.
Pedro Coelho: ele é um belo.
até podemos dizer
que o Miguel Veloso ao pé dele
parece um gordo.
Raquel: antes gordo, bem alimentado e de faces rosadas
do que vampiro, magricela e pálido.
Pedro Coelho: " bem alimentado e de faces rosadas " - tão poético e bonito
emocionei-me
e senti-me bem face ao Pattinson
pq eu mesmo sou bem alimentado e de faces rosadas
Raquel: xDDD fico contente por ti
mas gostos são gostos, o tipo tem imensas fãs.
Pedro Coelho: e as minhas fãs?
ahaha
imensas!!
Raquel: sim, o Miguel Veloso tem muitas :p
Pedro Coelho: eu n sou o Miguel Veloso
mas sou o gajo mais giro do meu prédio
quiçá do loteamento!
Raquel: ahahahah
isso já não posso avaliar
Pedro Coelho: avalio eu, que sou credível e fiável e jornalista imparcial e nada suspeito
Raquel: isso foi tão imparcial, agora.
Pedro Coelho: eu já tive a avaliar
e são só dois prédios
e opá, sim, sou.
Raquel: não quero imaginar como são os teus vizinhos, então
Pedro Coelho: ahaha
não queiras mesmo
a sério.

Conversa de ontem à noite com o Pê Éme Coêlho, digna de registo :p