terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

oh, ironias do destino


Adoro os macaquinhos da mãe felpuda, são uns fófis.
Já os da mãe de arame, coitados, devem ter engordado imenso
mas não desenvolveram as capacidades afectivas, oh.

E a A., no outro dia, foi à luz por causa da mão.
Isto fora do contexto é absolutamente magnífico, a sério.
E dentro também.

Enfim, eu chego a casa para jantar e o que é que tenho?
Bifes de perú. Não pode ser outra coisa.
E já e muito bom, para homem.
(ok, isto saiu mal :P)

Sem comentários: