quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

pensamentos da rosa

---->Eu gosto de escrever. É importante gostar-se de se escrever, principalmente quando as escritas são "Nós". Acredito no valor diarístico e autobiográfico da escrita. É uma espécie de terapia. Afinal, quando escrevemos, vamos ao psicólogo, sabe-se lá, da nossa cabeça. Falamos e falamos para nós, durante horas a fio. Provavelmente são horas que dedicaremos a pensar sobre nós, a tentar conseguir soluções, aparentemente, inatingíveis. É um momento de solidão saudável. Digo eu.

Também pode revelar-se numa armadilha inesperada, em que os nossos pensamentos se tornam os únicos pensáveis e em que dedicamos horas demasiadas a alimentar um ego sedento. Quando o mal é sede, é água que se dá, não batatas fritas.<----

Reblogado de Desafias-te! (Monkey II)

Sendo que eu, obviamente, subscrevo :)

3 comentários:

~PakKaramu~ disse...

Visiting your blog

Rosa Branca disse...

Não acredito que me citaste...=O

Raquel Silva disse...

Claro que citei, adoro os teus "dizeres" :)