domingo, 16 de agosto de 2009

coisas da vida

Passeios pela grande cidade que tem um hospital (e muitas rotundas, por sinal). Singles do Mickael Carreira, história da transsexual bissexual, manias, gargalhadas, recordações do passado, planos para o futuro. E conhecimento face-to-face de duas pessoas muito nices… twitteiros de gema e amigos para manter (referência óbvia a P. e R., que fizeram parte de tudo o que já foi dito neste post). Este fim do mundo, como lhe chamam, ganha um sentido especial por vossa causa.

Para colmatar, terrinhas em festa e bonecos (como diria um certo piqueno) a serem levados pela população. E um homem que me queria arranjar casamento com o filho. Vá lá, acabou por escolher uma miúda mais gira… lucky me. O rapaz era horroroso. Isto para reforçar a ideia de que devo ter uma etiqueta colada na testa a dizer que corro o risco de ficar solteira forever caso alguém não me arranje um homem. Enfim, sem comentários.

Sem comentários: